Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 0 Votos - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Minha história.
hjkljvu Offline
Novato
**

Respostas: 1
Likes Given: 0
Likes Received: 0 in 0 posts
Registrado em: Jan 2016
Reputação: 0
Resposta: #1
Minha história.
Vou fazer 15 anos em Maio deste ano e há uns dois/três anos que tenho estrias. Ao ínicio apareceram nas coxas e eu pensei que eram arranhões de eu coçar, mais tarde apareceram-me do lado da cintura, um dia a minha mãe viu e disse que eu tinha estrias. Eu procurei sobre o assunto e pensei "elas vão brincar brancas e como sou branca não se vão notar". Aí que me engano! Com o tempo foram crescendo mais e mais, tenho em ambos os lados da cintura, nas coxas, panturrilhas, joelhos, bumbum...
A minha pele é muito frágil e eu também não faço muito exercício. Sou sedentária, já fiz vários esportes mas sempre desisti porque me fartava.
Eu ignorei as estrias durante algum tempo mas agora já está difícil suportar, não vou à praia desde 2012, não consigo usar shorts, vestidos etc! Sou bonita de rosto, não sou muito gorda mas também não sou magra. Custa-me olhar para as outras garotas com um corpo bonito ou até normal. Os únicos pensamentos que me vêm à cabeça são "Se eu não tivesse sido assim! Se eu tivesse feito exercício e me alimentado bem eu não estaria assim, agora é tarde e não vale a pena mudar."
Eu só consigo pensar em me matar, eu queria aproveitar o mundo mas sinto-me presa a um corpo. Eu queria viajar, vestir roupas bonitas, ir à praia mas sinto que não consigo. Quando eu era mais jovem eu queria ser "diferente" agora tenho uma diferença e estou a pagar caro por isso. Além dos problemas com o meu corpo tenho problemas escolares, familiares e financeiros. Toda a gente pensa que eu sou confiante e segura mas por trás dessa máscara eu sou tão insegura e frágil...
O mundo é tão belo que eu sinto dor em estar nele, o mundo é magnífico e eu não quero ver essa beleza toda e depois pensar em mim e ver o quão horrível sou. Eu não aguento mais, há muito tempo que eu vivo presa. Eu tenho problemas, tenho mais problemas do que uma garota de 14 anos normal, no meio de tantos problemas tinham que vir estrias também? Eu preferia ter um problema de "saúde" diferente, algo que não se visse.
Eu falo muitas vezes de suicídio com a minha mãe, do tipo "se você fosse se suicidar como você faria?" eu quando digo isso falo na maior inocência. Agora que eu penso... eu realmente queria e quero morrer. Eu penso na minha família mas o pior é o meu medo da dor, eu não quero sentir dor.
A cada dia que passa parece que nascem mais estrias e celulites no meu corpo.
Além disso tudo ainda estou com "problemas amorosos" que eu mesma criei (é difícil compreender porém não vou falar sobre isso.)
Eu não sei mais lidar com isto, eu vejo o sol de manhã e penso "que dia lindo..." mas depois lembro-me que não valho nada, não tenho talento nenhum, o que eu tenho? Sou minimamente inteligente, medíocre, só isso.
Quando eu vejo as pessoas aí a dizer que queriam morrer só por causa de amor eu penso: "Pelo menos tens um bom corpo, amores há muitos, eu tenho algo irreversível no meu corpo!" Não sei lidar com o facto de ter estrias para sempre, para sempre é muito tempo e eu sinto-me presa.
(Resposta editada pela última vez em: 16-01-2016 08:39 por hjkljvu.)
16-01-2016 08:39
Encontrar todas as respostas deste usuário Like Post Citar esta mensagem em uma resposta
alessandra Offline
Novato
**

Respostas: 44
Likes Given: 0
Likes Received: 28 in 21 posts
Registrado em: Jan 2013
Reputação: 36
Resposta: #2
RE: Minha história.
Ôh querida, sei bem como é isso, convivo com elas desde os 16 anos e estou com 35 anos. Fiz inúmeros tratamentos, mas os resultados são muito pequenos. Acredito que é por estar há muito tempo com elas. Mais de 20 anos, dos quais fiquei muitos deles limitada tb. Vou a praia essa semana e estou desesperada pq penso que as pessoas vão ver essas estrias (perna, bumbum, panturrilha) e fico sentindo-me um alienígena. Mas o que eu vou fazer? Me matar por conta delas? Será que de fato essa é a solução? Tb já pensei em tirar a minha vida e não foi uma vez só. Foram várias e ainda hoje penso nisso. Por outro lado, penso que se tivesse feito isso eu teria perdido muitas coisas boas que vivenciei ao longo desses 20 anos que tenho essas marcas no corpo. Também deixaria muitas pessoas tristes fazendo isso.
Não sei se tirar a vida é o caminho. É duro ter estrias, é. E eu sei como. Mas existem tantas pessoas, com tantos outros problemas, e elas vivem e bem. Se aceitam, na realidade acho que esse é o nosso problema não aceitarmos que temos esse problema, tem gente que nasce sem braços e pernas, fica cego, em cadeiras de rodas, tem pêlos pelo rosto, manchas no rosto, enfim, tantos "defeitos" (que consideramos como defeitos) e estão aí, vivendo.
Vejo que esse é o nosso problema, não aprendemos a nos aceitar tal como somos ou estamos e eu acho que as estrias nem são nossos maiores problemas, como vc mesma disse existem outras questões na sua vida que te afligem, mas as estrias ganham a cena, pois acabamos nos centrando apenas nelas. Será que não é o caso de procurar alguma ajuda psicológica para que vc aprenda a se aceitar?
A vida é linda e vc é linda tb. Faz parte dela. É filha de Deus e Ele te ama, tente pensar nisso.

Ter estrias é ruim, mas acredito que na vida só não se tem jeito para a morte o restante nós sempre podemos mudar e a primeira mudança está em como nos enxergamos e em quais são as nossas prioridades.

Espero que fique bem.
18-01-2016 04:25
Encontrar todas as respostas deste usuário Like Post Citar esta mensagem em uma resposta
Responder 


Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes